Sorriso: Soja termina semana a R$ 104,40 por saca; Uma alta de 4,4%

(66) 9 9982-8122


NOTÍCIAS

Sorriso: Soja termina semana a R$ 104,40 por saca; Uma alta de 4,4%

noticais agrícolas   

18 de Julho de 2020 as 15:02

Rede Social

A semana vai terminando com bons preços para a soja, tanto na Bolsa de Chicago, quanto no mercado brasileiro e acumulando boas altas nos últimos dias para ambas as referências. No mercado internacional, demanda um pouco mais aquecida em foco e, no nacional, a escassez de produto continua sendo o principal pilar de suporte às cotações. 

Ainda assim, poucos negócios. O sojicultor brasileiro segue mais retraído neste momento, com mais de 90% da safra 2019/20 comercializada e superando os 40% quando se trata da temporada 2020/21. As novas operações que são efetivadas, entretanto, estão acontecendo em maior volume no interior do país, onde a indústria processadora de soja disputa a pouca oferta ainda disponível não somente com a exportação, mas entre si. 

O Brasil deverá encerrar 2020 quase sem estoques e o mercado vai buscando garantir sua matéria-prima. E o atual cenário, inclusive, já sinaliza que a tendência altista para os preços da soja brasileira se estende até 2021, pelo menos até a chegada da nova safra nacional, segundo analisou o pesquisador do Cepea, Lucilio Alves, em uma entrevista nesta semana ao Notícias Agrícolas. 

E o que reforça esta tendência e também intensifica a disputa pela soja remanescente do Brasil é a força que  vem não só do grão, mas também dos derivados, e momento é forte para a remuneração tanto do farelo, quanto do óleo. E tendência é positiva também para ambos os mercados.

Em algumas das praças de comercialização pesquisadas pelo Notícias Agrícolas, as cotações acumularam altas de mais de 3% na semana. Destaque para Sorriso/MT, onde o preço passou de R$ 100,00 para R$ 104,40 por saca, com alta de 4,4%; Ponta Grossa/PR de R$ 112,00 para R$ 116, subindo 3,57% e São Gabriel do Oeste/MS de R$ 106,00 para R$ 110,00, com ganho de 3,77%. 

A escassez de produto no Brasil chamou a atenção ainda, nos últimos dias, para a disparada das importações brasileiras de soja. O Brasil importou nos primeiros oito dias úteis de julho um total de 45,7 mil toneladas de soja, de acordo com os números da Secex (Secretaria de Comércio Exterior) nesta segunda-feira (13) e supera largamente todo o volume de todo o mês de julho de 2019, quando foram 12,7 mil. 



© 2019 - JK Notícias - Todos os Direitos Reservados