Sorriso: Padrasto é condenado a 27 anos de prisão, por estuprar enteada, de 08 anos, enquando mãe da criança dormia

(66) 9 9982-8122


NOTÍCIAS

Sorriso: Padrasto é condenado a 27 anos de prisão, por estuprar enteada, de 08 anos, enquando mãe da criança dormia

JKNOTICIAS   

02 de Mar�o de 2021 as 14:37

ILUSTRATIVA

O juízo da Segunda Vara Criminal de Sorriso condenou um homem a  27 (vinte e sete) anos de prisão, em razão da prática do crime de estupro de vulnerável.

Segundo apurado, o acusado, por várias vezes, o suspeito praticou atos libidinosos e manteve relação sexual com a sua à época enteada, de 08 (oito) anos de idade, caracterizando estupro de vulnerável.

Na sentença o juiz levou em consideração o laudo pericial realizado na vítima que constatou ruptura do hímen e laceração do ânus, bem como o da criança.

À época dos abusos segundo a vítima, seu padrasto durante a noite ia até o seu quarto, enquanto a mãe dormia, e praticava os abusos, até que um dia a da criança flagrou no período da tarde, num final de semana, o seu ex-companheiro dentro do quarto da criança, que estava chorando, e chamou a polícia, sendo o exame de corpo de delito realizado, contatando-se que a vítima estava machucada em suas partes íntimas e pescoço.

Na sentença, considerou-se para o agravamento da pena também o número de vezes em que os abusos ocorreram, por muitas vezes, bem como, o fato do crime ter sido praticado em plena pandemia, situação de calamidade pública que obriga muitas vezes suas vítimas a permanecerem em quarentena junto com o agressor.

Da sentença ainda cabe recurso, mas o acusado continua preso.



© 2019 - JK Notícias - Todos os Direitos Reservados