(Vídeo) Augusto Nunes agride jornalista Glenn Greenwald após ser chamado de covarde. Em nota, Jovem Pan lamenta briga no Pânico e pede desculpas a jornalista

(66) 9 9982-8122


NOTÍCIAS / Policia

(Vídeo) Augusto Nunes agride jornalista Glenn Greenwald após ser chamado de covarde. Em nota, Jovem Pan lamenta briga no Pânico e pede desculpas a jornalista

ESTADO DE MINAS   

07 de Novembro de 2019 as 20:39

Internet

A agressão do jornalista Augusto Nunes no colega de profissão Glenn Greenwald, na tarde desta quinta-feira, durante o Programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, foi motivada depois de o norte-americano lembrar de uma declaração dada pelo agressor. Glenn abordou o tal episódio e chamou o colega de covarde por diversas vezes, quando foi interrompido com uma agressão de Nunes.


Em 1º de setembro deste ano, no programa Os Pingos nos Is, da Rádio Jovem Pan, Augusto Nunes criticou a instituição familiar de Glenn e quem cuida de seus dois filhos. O norte-americano é casado com o deputado federal David Miranda (Psol-RJ).

 

“O Glenn Greenwald passa o dia dando chiliques no Twitter, ou trabalhando de receptador de mensagens roubadas. Esse David fica em Brasília lidando com rachadinhas, que essa é a suspeita aí, que isso dá trabalho. Quem é que cuida das crianças que eles adotaram? Isso aí o juizado de menores devia investigar”, disse Nunes na ocasião.

 

Desde então, os jornalistas trocam farpas nas redes sociais. Nesta quinta, segundo a jornalista Mônica Bérgamo, da Folha de São Paulo, Glenn não sabia da participação de Nunes no programa e, ao saber, aceitou a participação.

 

Quando Glenn lembrou do comentário de Nunes, ele retrucou dizendo que o fez em tom bem humorado e com ironias. O norte-americano seguiu chamando o colega de covarde, quando foi agredido fisicamente com dois tapas, sendo que um deles atingiu o rosto do estrangeiro. Glenn respondeu com um soco, mas errou o golpe.

 

Rapidamente, os participantes separaram os envolvidos e o Pânico saiu do ar. Depois de alguns minutos, o programa foi retomado com a presença de Glenn e sem Augusto Nunes.

LEIA A NOTA DA JOVEM PAN

A Jovem Pan lamenta o episódio ocorrido ao vivo no programa Pânico desta quinta-feira (7) entre os jornalistas Augusto Nunes e Glenn Greenwald.

Defensora vigilante dos princípios democráticos, do pluralismo de ideias e da liberdade de expressão, a Jovem Pan sempre abriu suas portas para convidados de diferentes campos ideológicos e com opiniões dissonantes, para que cada brasileiro forme seu juízo tendo acesso a visões variadas sobre os temas mais relevantes do momento.

Uma das principais marcas do Pânico é receber personalidades para o debate aberto e franco, bem-humorado e eventualmente ácido. Glenn Greenwald já participou da bancada em diversas outras oportunidades.

A liberdade de expressão e crítica concedida pela Jovem Pan a seus comentaristas e convidados, contudo, não se estende a nenhum tipo de ofensa e agressão. A empresa repudia com veemência esses comportamentos.

A Jovem Pan pede desculpas aos ouvintes, espectadores e convidados desta edição do Pânico, inclusive Glenn Greenwald.

Grupo Jovem Pan

Telefone do Plantão e Zap do JK para sugestões de reportagem ou algum flagrante (66) 99982-8122.

 



© 2019 - JK Notícias - Todos os Direitos Reservados