BRINCADEIRA DA RASTEIRA já matou uma pessoa e vem fazendo mais vítima pelo Brasil, principalmente nas escolas

(66) 9 9982-8122


NOTÍCIAS / Policia

BRINCADEIRA DA RASTEIRA já matou uma pessoa e vem fazendo mais vítima pelo Brasil, principalmente nas escolas

ISTOÉ   

12 de Fevereiro de 2020 as 22:23

Rede Social

Uma brincadeira chamada de “quebra-crânios” ou “desafio das rasteira” pode trazer graves consequências para aqueles que estão praticante a atividade em todo o País.


Os vídeos que viralizaram na internet nos últimos dias mostram jovens sendo derrubados durante a brincadeira, mas isso pode causar danos como traumatismo craniano, paralisia e até levar à morte.

A brincadeira é feita em trios e a pessoa que está no meio é derrubada após pular, caindo de costas para o chão e batendo o corpo no solo, recebendo grande impacto na cabeça e coluna. A maioria dos jovens não sabe que será derrubada, e os colegas que causam a queda fazem com a intenção de rir do choque.

Em novembro de 2018 a primeira vítima fatal da brincadeira foi uma adolescente de 16 anos, na cidade de Mossoró, no Rio Grande Norte. Ela teve traumatismo craniano e não resistiu aos ferimentos.

Um vídeo com a brincadeira é reproduzidio por diferentes crianças e está circulando pelas redes sociais. Os pais alertam para o perigo. “Orientamos nossas crianças a não praticarem e nem participarem deste perigo”, diz o texto que acompanha o vídeo. 

O "desafio da rasteira" viralizou na web recentemente e tem feito muitas "vítimas". O que muitos ignoram, no entanto, é que a inocente brincadeira pode causar sérios danos à saúde. Neste vídeo, é possível ver que o homem ficou desacordado após bater a cabeça no chão com a queda.

 



© 2019 - JK Notícias - Todos os Direitos Reservados