(Vídeo) 11 pessoas morrem, em explosão de caminhão-tanque, quando tentavam furtar combustível

(66) 9 9982-8122


NOTÍCIAS

(Vídeo) 11 pessoas morrem, em explosão de caminhão-tanque, quando tentavam furtar combustível

O TEMPO   

08 de Julho de 2020 as 13:11

Rede Social

Pelo menos 11 pessoas morreram e outras 49 sofreram queimaduras nessa segunda-feira (6) na explosão de um caminhão que transportava combustível em uma rodovia no norte da Colômbia, informaram autoridades à imprensa local.

O acidente ocorreu quando dezenas de pessoas saqueavam o caminhão-tanque que capotou quando viajava entre as cidades de Barranquilla e Santa Marta, no Caribe colombiano, segundo a polícia. 


Inicialmente, o número de mortos eram sete pessoas, mas ele aumentou nesta terça-feira (7).

Segundo vídeos divulgados pelas autoridades, dezenas de pessoas com vasilhames de plástico estavam pegando combustível do caminhão capotado antes da explosão. 

Ao jornal local Vanguardia, o condutor do caminhão, Manuel Cataño, explicou o que aconteceu: "Eu estava dirigindo e um animal passou por mim. Quando tentei manobrar o veículo, o peso do tanque me derrubou. Saí da cabine o melhor que pude e comecei a pedir ajuda a outros veículos que estavam passando por ali", contou. Minutos depois a polícia chegou, e os habitantes da área também. "Eu avisei que era muito arriscado porque poderia explodir. A polícia tentou afastá-los, mas eles se tornaram agressivos e não quiseram obedecer às ordens. Uma pessoa tentou remover a bateria e isso causou o incêndio", relatou.

O presidente da Colômbia, Iván Duque, enviou uma mensagem às vítimas do acidente: "É realmente uma situação dolorosa. A mensagem é de solidariedade com as pessoas que perderam seus entes queridos neste incidente", declarou o chefe de Estado durante um evento na capital. 

Já o governador do departamento de Magadalena, Carlos Caicedo, garantiu que "existem pessoas que sofreram queimaduras que comprometem 90% do corpo". 

Segundo o governador, os feridos devem ser transportados para outros departamentos. 

"Estamos trabalhando com a Força Aérea para um voo médico (...) e, portanto, podemos enviar pacientes para outras cidades onde existam enfermarias para queimados, não podemos esquecer que em Magadalena não há enfermaria para queimados ", afirmou.

O Caribe colombiano é uma das regiões mais afetadas pelo novo coronavírus. Em cidades como Barranquilla, localizada a 45 quilômetros do acidente, o sistema de saúde está se aproximando do ponto de saturação.

 



© 2019 - JK Notícias - Todos os Direitos Reservados