Conforme o responsável pela Sama, Márcio Kuhn, a mostra e o concurso são voltados para produtores cadastrados no “Programa Mais Leite” e para produtores que já comercializam produtos com o Selo de Inspeção Municipal (SIM). Kuhn destaca que quem conta com o selo irá concorrer em categoria separada do produtor cadastrado no Programa Mais Leite.

De acordo com o regulamento, os agricultores familiares participantes irão expor todos os seus produtos de interesse. E irão inscrever no concurso um dos seus queijos que se enquadram como “Queijo Artesanal”. Os queijos inscritos receberão uma numeração e serão avaliados em espaço próprio por um comitê de jurados no período das 8 horas às 9 horas da manhã. Após isso, os queijos que possuem certificação serão expostos ao público que também avaliará os queijos, atribuindo notas de 0 a 10 em ficha específica, no período das 9 às 10 horas.

O comitê julgador será o responsável por fazer a média das notas do júri técnico que somará 9,0 pontos e a média das notas do júri popular que será proporcionalmente correspondente a 1,0 pontos. A soma das notas indicará a classificação dos queijos. O período para inscrições encerra no dia 3 de dezembro.

O secretário Márcio Kuhn acrescenta que essa é uma maneira de incrementar a cadeia produtiva, bem como a disponibilidade de produtos derivados de leite no mercado regional. “Além disso, vamos destacar a necessidade, as possibilidades e as vantagens da produção seguir a legislação vigente”, finaliza.

Confira o edital na íntegra abaixo:

Concurso - Queijo Artesanal de Sorriso.pdf