A Prefeitura de Sorriso inaugurou hoje (31), através da Secretaria de Saúde e Saneamento, o Integrar, que é o Ambulatório de Saúde Mental Infantojuvenil,  que fica localizado na Rua Cuiabá, n.351, no Bairro Bom Jesus. A inauguração contou com a presença o Prefeito Ari Lafin, Vice-prefeito  Gerson Bicego, o Juiz de Direito e Diretor do Fórum da Comarca de Sorriso  Érico Duarte, secretários, vereadores e representantes das  entidades ligadas a saúde mental.

 O Integrar vai atender crianças e adolescentes portadores de sofrimento mental. Trata-se de um modelo terapêutico diferenciado, no qual o usuário não é retirado de seu contexto social e relacional, funcionando como um serviço ambulatorial, com a presença de equipe multiprofissional, composta de médico psiquiatra, enfermeiro, psicóloga e assistente social.

“Esse é um projeto piloto no norte de Mato Grosso, e vem a somar com a saúde em Sorriso, é um grande avanço, pois estará trabalhando em conjunto com o CAPS, e com o público infantojuvenil”, contou o médico psiquiatra Fábio Junior da Silva.

A psicóloga Danielly Oneda, explica o objetivo do ambulatório. “A proposta do Integrar é assegurar e promover o acolhimento, o tratamento e a inclusão social de crianças e adolescentes, que vão refletir durante toda a vida adulta”, disse.

Para o secretário de Saúde e Saneamento, Luis Fábio Marchioro, a implantação deste projeto vem ao encontro da demanda do público infantojuvenil.

“Nosso CAPS é uma referência, temos também o Ambulatório de Psicologia no nosso AME, e agora com o Integrar teremos o atendimento as crianças e adolescentes, com isso ampliamos os serviços a população no que se refere a saúde mental. Lembrando que a porte de entrada como para toda rede de saúde é através do atendimento nas Unidade de Saúde da Família”, explicou ele.

No discurso de inauguração o prefeito Ari Lafin, agradeceu o judiciário pelo apoio e falou da importância  do ambulatório.

“Assim que recebemos a demanda deste projeto, onde o secretário Luis Fábio junto com uma equipe técnica nos apresentou a importância  e a relevância do ambulatório para saúde mental das crianças, nós prontamente  demos o aval para que pudesse ser realidade em nosso município. Quero agradecer a todos da Rede de Apoio Psicossocial e ao judiciários que tem nos apoiados em ações como que beneficia a população”, disse o prefeito.