Sorriso: Alunos do 2º ano do Ensino Médio são selecionados para enviarem experimentos científicos a Estação Espacial

(66) 9 9982-8122


NOTÍCIAS / Policia

Sorriso: Alunos do 2º ano do Ensino Médio são selecionados para enviarem experimentos científicos a Estação Espacial

MINHA OPERADORA   

10 de Dezembro de 2019 as 21:56

MINHA OPERADORA

Por meio da Missão Garatéa, apoiado pelo Instituto TIM, estudantes brasileiros poderão ter a oportunidade de enviar experimentos científicos a bordo de um foguete da SpaceX até a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

Durante o ano, 70 escolas, de todo o Brasil, se inscreveram para a competição Garatéa-ISS. Após um processo de escolha, projetos de alunos de São José dos Campos (SP), Florianópolis (SC) e Sorriso (MT) foram escolhidos para serem os finalistas.

Após ajustes dos projetos, ainda em dezembro, a equipe vencedora será anunciada, com o aval da NASA e participará de um congresso em Washington, nos Estados Unidos.

A competição tem parceria Student Spaceflight Experiments Program (SSEP), programa norte-americano que envia projetos de alunos de 10 a 18 anos para o espaço. O Brasil é o único participante fora da América do Norte da competição. O voo do experimento brasileiro deve ocorrer entre julho e agosto 2020.

Conheça os projetos finalistas:

  • Immuno Yeast in Space
    Desenvolvido por alunos do 9º ano de São José dos Campos-SP, o experimento quer testar alterações na composição das paredes de leveduras em um ambiente de microgravidade.
  • Space Osmosis
    Projeto dos alunos do 3º e 4º ano de Florianópolis-SC, pretende estudar a osmose em ambiente de baixa gravidade, o que possibilitaria novos experimentos voltados para a agricultura e gastronomia.
  • A Influência da microgravidade sobre a degradação de lactose e o desenvolvimento de bactérias da flora intestinal
    De autoria dos estudantes da 2ª série do Ensino Médio de Sorriso-MT, eles buscam compreender o comportamento da lactose em microgravidade.

O Instituto TIM investe recursos em estratégias para democratizar a ciência, tecnologia e inovação, entre eles projetos educacionais para crianças e jovens.

 



© 2019 - JK Notícias - Todos os Direitos Reservados