Plantão
Policial

Poconé: Polícia acha fotos íntimas de menina de 12 anos no celular de pastor; Mãe denunciou

Publicado dia 09/01/2019 às 16h01min | Atualizado dia 10/01/2019 às 17h44min
Crime foi denunciado pela mãe da menina que encontrou as mensagens no celular da filha de 12 anos. Segundo a Polícia Civil, o pastor encaminhava fotos nuas dele para a vítima.

Um pastor de 25 anos foi preso em Poconé, a 104 km de Cuiabá, na terça-feira (8), suspeito de assediar uma menina de 12 anos pelo WhatsApp. Segundo a Polícia Civil, no celular dele foram encontradas fotos íntimas da vítima. A identidade do preso não foi divulgada.

O crime foi denunciado à polícia pela mãe da menina que encontrou as mensagens no celular da filha.

À polícia, ela disse que a filha frequentava os cultos feitos pelo pastor. O jovem conduzia orações em Poconé e Nossa Senhora do Livramento, a 42 km de Cuiabá.

Durante diligências, o pastor foi encontrado na casa em que costumava realizar as celebrações religiosas.

Ao checar o aparelho de celular dele foram encontradas fotos íntimas da vítima e também fotos nuas do pastor encaminhadas para a menina.

O jovem foi preso em flagrante por assédio sexual. Na delegacia, foi arbitrada fiança de 3 salários-mínimos, que não foi paga.

O pastor ainda deve ser levado para audiência de custódia. O caso vai continuar a ser investigado pela Polícia Civil.

 

Fonte: Portal G1 MT