Plantão
Política

Mauro Mendes, do DEM, é eleito governador de Mato Grosso no 1º turno

Publicado dia 08/10/2018 às 09h07min | Atualizado dia 08/10/2018 às 16h11min
Governador eleito superou outros quatro candidatos e, com 100% das urnas apuradas, teve 840.094 mil votos, o que corresponde a 58,69% dos votos válidos.

Mauro Mendes, do DEM, foi eleito neste domingo (7) para governar Mato Grosso pelos próximos quatro anos.

Com 100% das urnas apuradas, Mauro Mendes teve 840.094 votos, e Wellington Fagundes (PR) teve 280.055. O terceiro colocado, Pedro Taques (PSDB), somou 271.952.

“É uma vitória muito importante que nos dá muita responsabilidade de trabalhar por Mato Grosso, e é isso que nós faremos. Fizemos um compromisso de que se a vitória fosse hoje, amanhã já começaríamos a trabalhar. Amanhã, já vamos iniciar as primeiras reuniões para montar a transição e começar a fazer o planejamento para o ano de 2019”, declarou.

Mauro é natural de Anápolis (GO) e tem 54 anos. Ele é empresário do ramo de metalurgia em Cuiabá.

Por seis anos foi presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) e também presidiu o Sistema Sesi/Senai. Ocupou ainda o cargo de vice-presidente da Confederação Nacional das Indústrias.

Em 2012, foi eleito prefeito de Cuiabá no segundo turno das eleições com 54,65% dos votos válidos. Ele terminou o mandato em 2016 e não disputou a reeleição.

Antes disso, ele disputou as eleições para prefeito em 2008, mas não conseguiu ser eleito. Em 2010, Mauro Mendes também disputou a eleição para o governo e perdeu novamente a disputa.

Campanha

Durante a campanha Mauro Mendes afirmou que vai viabilizar recursos para os hospitais filantrópicos e reorganizar o sistema de saúde no estado.

No setor da segurança, Mauro Mendes disse que pretende investir e equipar a polícia para reduzir a criminalidade.

Ainda durante a campanha, Mauro afirmou que deve simplificar o ambiente tributário no estado, eliminando a burocracia para estimular a industrialização.

Mauro Mendes, do DEM, foi eleito neste domingo (7) para governar Mato Grosso pelos próximos quatro anos.

Com 100% das urnas apuradas, Mauro Mendes teve 840.094 votos, e Wellington Fagundes (PR) teve 280.055. O terceiro colocado, Pedro Taques (PSDB), somou 271.952.

“É uma vitória muito importante que nos dá muita responsabilidade de trabalhar por Mato Grosso, e é isso que nós faremos. Fizemos um compromisso de que se a vitória fosse hoje, amanhã já começaríamos a trabalhar. Amanhã, já vamos iniciar as primeiras reuniões para montar a transição e começar a fazer o planejamento para o ano de 2019”, declarou.

Mauro é natural de Anápolis (GO) e tem 54 anos. Ele é empresário do ramo de metalurgia em Cuiabá.

Por seis anos foi presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) e também presidiu o Sistema Sesi/Senai. Ocupou ainda o cargo de vice-presidente da Confederação Nacional das Indústrias.

Em 2012, foi eleito prefeito de Cuiabá no segundo turno das eleições com 54,65% dos votos válidos. Ele terminou o mandato em 2016 e não disputou a reeleição.

Antes disso, ele disputou as eleições para prefeito em 2008, mas não conseguiu ser eleito. Em 2010, Mauro Mendes também disputou a eleição para o governo e perdeu novamente a disputa.

 

Fonte: Portal G1