Sorriso: Padrasto é condenado a 32 anos de prisão por estuprar enteada, de 03 anos, e mãe da criança não acreditar

(66) 9 9982-8122


NOTÍCIAS

Sorriso: Padrasto é condenado a 32 anos de prisão por estuprar enteada, de 03 anos, e mãe da criança não acreditar

JKNOTICIAS   

27 de Abril de 2021 as 10:43

Internet

Nesta semana houve mais uma condenação de acusado de prática de estupro de vulnerável, ressoando alarmante o aumento de crimes da espécie na cidade de Sorriso.

No caso desta semana, o juízo da Segunda Vara Criminal condenou um padrasto de uma criança, hoje com 07 anos, a uma pena de 32 anos de reclusão, em regime inicial fechado.

Apurou-se nos autos, que o réu foi companheiro da mãe da criança, que teve sua dignidade sexual ofendida por cerca de 03 anos, entre os anos de 2017 e 2020, sendo que a criança já dava sinais que estava sendo abusada, porém, a mãe da menor, infelizmente, como é mais comum do que se imagina, preferiu acreditar que era mentira, até pegar o companheiro nu em seu quarto, com o órgão genital ereto, enquanto sua filha de menos de 06 anos de idade estava deitada na cama de seu próprio quarto, também nua, e de bruços para o acusado.

Da sentença ainda cabe recurso mas o acusado aguardará a decisão do Tribunal de Justiça preso.

 



© 2019 - JK Notícias - Todos os Direitos Reservados