Hora Certa
Sorriso: Escola 13 de Maio supera obstáculos da pandemia e tem bons resultados com aulas não presenciais
Fonte: FOLHA MAX
13 de Abril de 2021 as 20:11
Sorriso: Escola 13 de Maio supera obstáculos da pandemia e tem bons resultados com aulas não presenciais
INTERNET

Em tempos de pandemia e ensino remoto, a tecnologia é usada sem parcimônia pela equipe gestora e pelos profissionais da educação da Escola Estadual 13 de Maio, em Sorriso (420 km ao norte da Capital). Desde o início do ano letivo de 2021, as formações são online, além de reuniões com a comunidade escolar e, principalmente, as aulas. A equipe gestora utiliza as ferramentas disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), com a utilização do e-mail institucional.

Após o término das transmissões, as reuniões ficam disponíveis no Google. Quem tiver dúvidas pode assistir novamente.

Diretor da escola, Thiago Rabelo Sales afirma que a tecnologia é uma ferramenta essencial para a inclusão socioeducacional, com o foco de levar um ensino de qualidade a todos os estudantes, ora pelas plataformas virtuais, ora pela disponibilização dos materiais impressos aos estudantes.

O gestor explica que os encontros são realizados a partir de reuniões com a equipe gestora da escola, nos quais são discutidos aquilo que, no momento, são desafios para a equipe de professores com as aulas à distância, tanto na parte pedagógica como na administrativa.

O primeiro momento partiu de uma live com os coordenadores: Marcos Antônio Dimas Machado e Francisco Antônio de Lima Moraes abordando a volta às aulas num ano contínuo – as dúvidas eram muitas e precisavam ser esclarecidas. A transmissão, além dos professores, teve a participação de pais e alunos.

Na sequência, vieram outras reuniões online para esclarecer a elaboração dos componentes complementares e a organização desses lançamentos.

Alunos especiais

“Partindo dos professores, organizamos mais uma reunião, sobre a produção das atividades e a compreensão do funcionamento da sala de recursos multifuncionais, conhecendo as especificidades dos alunos especiais, onde contamos com o auxílio da professora do atendimento AEE Rosely Alves de Souza com suas experiências nessa área”, assinala o diretor.

No fechamento do bimestre, os professores fizeram uma reunião não presencial para discutir plano de intervenção, a partir da avaliação diagnóstica. O foco da reunião foi fortalecer os conhecimentos dos estudantes e para os professores como seria a elaboração desses planos.

A coordenadora Cassilda Marques da Silva e a professora Celina Elias Gomes Gonçalves ressaltam que esses momentos são de grande importância para todos e agradece a dedicação e criatividade dos profissionais da Escola 13 de Maio.

“Esses encontros à distância contribuem para a continuidade dos processos de ensino e aprendizagem, pois rompem barreiras impostas pelo distanciamento social”, finaliza a diretora.