Hora Certa
Ministro anuncia criação de 50 vagas de medicina em Sorriso
Fonte: ASSESSORIA
10 de Fevereiro de 2022 as 08:14
Ministro anuncia criação de 50 vagas de medicina em Sorriso
ASSESSORIA

Ministro Milton Ribeiro comunicou a assinatura de documento abrindo vagas no Centro Universitário Atenas

Em audiência no Ministério da Educação, nesta quarta-feira (9), o ministro Milton Ribeiro anunciou ao Senador Wellington Fagundes, que nos próximos dias será publicada no Diário Oficial da União a criação de 50 novas vagas para o curso de Medicina da UniAtenas.

Wellington, que articulou junto com o prefeito Ari Lafin (PSDB) a conquista, comemorou a boa notícia afirmando que esta é uma oportunidade ímpar para toda a juventude, que quer se formar, e um alento à população, já que a iniciativa representará a "ampliação de todo o atendimento em saúde na região, com profissionais qualificados".

O prefeito Ari Lafin comemorou destacando que a própria instituição é importante para o desenvolvimento da educação de impacto na área de saúde. “Para nós, é motivo de muita alegria, obviamente, receber essa notícia por parte do Senador Wellington. Todos os alunos em algum momento serão estagiários na rede pública de Sorriso e da região. Agradeço principalmente por essa parceria, já que nós sabemos o quanto o senador esteve à frente para que esse processo acontecesse da melhor maneira possível”, celebrou o prefeito.

Para Milton Ribeiro, foi fundamental o envolvimento da prefeitura e do Senador mato-grossense nesta pauta, o que, segundo ele, "ajuda a valorizar diretamente a sociedade, na medida em que a educação é o que, de fato, transforma os bairros, as cidades e o país" – destacou o gestor.

No final do ano passado, o pró-reitor da UniAtenas, Roberto Costa, já havia adiantado que o centro de ensino superior concluiu as obras da Faculdade de Medicina e teria, em breve, condições  de realizar processo seletivo para ocupação das 50 vagas, além de disponibilizar cinco vagas gratuitas para alunos de Sorriso que estudaram em escola pública ou foram bolsistas em instituições privadas, com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio, e que obtenham as melhores notas no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Cabe destacar que Wellington foi relator do orçamento da Educação para este ano no Senado Federal, conseguindo a destinação, em projeto, de recursos vultosos – mesmo com a crise econômica que o país tem passado por conta da pandemia.