Hora Certa
Servidores do IFMT decretam estado de greve
Fonte: G1MT
09 de Abril de 2022 as 14:43
 Servidores do IFMT decretam estado de greve
INTERNET

Servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT)decretaram estado de greve e pedem reajuste salarial de 19,99%. Os trabalhadores alegam que o governo federal pode conceder a revisão inflacionária sem ferir o que está previsto na legislação eleitoral.

Nesta quarta-feira (6), os servidores do campi de Cáceres haviam decretado estado de greve. Nesta sexta, os campi de Cuiabá, Várzea Grande, Sorriso e Diamantino também decidiram pelo estado de greve.

O Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) realizou uma plenária e decidiu pelo estado de greve e tentativa de negociação com o Ministério da Educação (MEC).

O g1 entrou em contato com o MEC e não havia obtido retorno até a última atualização desta reportagem.

O presidente do Sinasefe, Jelder Pompeo Cerqueira, destacou que o estado de greve é o período de negociações com o governo federal. No entanto, caso as negociações não avancem o sindicato não descarta greve por tempo indeterminado.

Na próxima semana, os servidores vão se reunir para debater os avanços das negociações.