Hora Certa
Vera: Grupo Flor Ribeirinha presenteia município com belíssima apresentação em comemoração de aniversário
Fonte: ASSESSORIA
13 de Maio de 2022 as 10:55
Vera:  Grupo Flor Ribeirinha presenteia município com belíssima apresentação em comemoração de aniversário
ASSESSORIA

Maravilhosa e emocionante de arrancar suspiros e arrepios dos espectadores que estavam presentes, essa foi à apresentação do Grupo Flor Ribeirinha, realizada na noite desta quarta-feira (11) na Praça 13 de Maio em Vera. Os integrantes do Grupo iniciaram a apresentação caracterizados de índios, e antes de subir ao palco surpreenderam os presentes, aparecendo em meio público. Danças típicas mato-grossenses como o siriri, o cururu e o lambadão fizeram parte do repertório. Além da belíssima apresentação cultural antes de finalizar o verdadeiro Show, o Flor Ribeirinha através da sua fundadora dona Domingas, convidou a população presente para uma dança de roda juntamente com os dançarinos. 

Domingas Leonor da Silva fundadora do Grupo Flor Ribeirinha agradeceu pelo convite de poder estar no município de Vera. “Primeiramente eu quero agradecer a Deus por este momento e por esta noite maravilhosa por a gente poder estar aqui em Vera. Quero agradecer ao prefeito dessa cidade, o secretário de Cultura, a toda essa equipe do secretário e a todos vocês que trabalharam incansavelmente. Agradecer ao público que esteve aqui presente para nos prestigiar. Eu estou muito feliz, eu sou a fundadora do Flor Ribeirinha tenho muito orgulho de falar, eu sou essa cuiabana, nascida e criada naquela beira de rio, em São Gonçalo Beira Rio onde tudo começou ali que Cuiabá nasceu. Eu tenho esse orgulho de ser neta de coxiponés e filha de paraguaio, tenho essa grande mistura, mas que levo essa cultura, essa essência de Cuiabá para o mundo. E sou essa cuiabana feliz, por que eu estou em uma 5ª geração e trabalho muito com essa cultura porque é a nossa maior riqueza da nossa tradição que é nosso cururu, o nosso siriri, o nosso São Gonçalo, o nosso rasqueado cuiabano, e aí vem vindo vem o lambadão vem o forró vem tudo junto. Eu estou com 68 anos de vida e tenho 50 anos de vida cultural e levando essa cultura para o mundo”, destacou Domingas. 

Rodrigo Gomes, diretor do Departamento de Cultura e Esportes de Vera, falou sobre a belíssima apresentação que marcou mais um dia das festividades em comemoração ao 36º aniversário político-administrativa de Vera. “Que emoção falar de Flor Ribeirinho e falar de 36 anos dessa terra a qual eu faço parte a qual eu nasci, é uma emoção muito grande. Comemorar os 36 anos morando a 27 anos nessa terra é falar de prosperidade, de lutas, de avanços e o quanto nossa cidade evoluiu durante todo esse tempo. Eu não posso deixar de destacar os meus agradecimentos a gestão municipal em especial em nome do nosso prefeito Moacir Giacomelli que possibilitou esse lindo espetáculo, realizado no dia de hoje. E toda essa programação lindíssima que começou no domingo. A minha gratidão a população verense que esteve presente e isso é só um pouco da nossa cultura a gente tem muito mais para mostrar o que é Matogrosso? O que é a riqueza do nosso folclore mato-grossense. Quero agradecer ao Flor Ribeirinha e fazer cultura, a gente sabe que não é fácil. Mas quando nós vemos esse resultado positivo é emocionante e eu saio daqui grato para fechar essa semana de festividades que ainda tem sexta e sábado com muito mais gás, com muito mais ânimo. Fazer cultura e amor, gratidão é desempenho é luta, mas quando nós temos uma gestão que se compromete com a cultura o resultado está aqui. Minha gratidão a toda a gestão, a minha equipe cultura e a todos aqueles que se contribuem para que Vera a cada dia que passa construa sua história linda e bela”, salientou Rodrigo.

A fundadora do Grupo finalizou expondo sobre sua luta pela cultura mato-grossense. "Às vezes as pessoas me perguntam se eu pensava em chegar no patamar que vocês chegaram hoje e eu digo que eu tinha esperança muito grande da Cultura sobreviver muito e eu não esperava chegar nesse patamar que a gente chegou. Mas Deus é tão maravilhoso com a gente que me deu essa força, essa garra, me deu energia e muita paciência. Porque se você não tem amor no coração e muita paciência você não leva nada dessa vida. Porque tudo tem dificuldades, eu enfrentei muitas dificuldades, muito chá de banco, muitos nãos, muita porta na cara, mas eu não desisti porque eu dizia assim um povo sem cultura não existe. E esse povo é meu povo é cuiabano, é mato-grossense então vou lutar pela nossa cultura. E hoje eu estou aqui feliz nesta cidade de Vera, e tenho muita gratidão por ser bem recebida por vocês por essa equipe, pelo secretário e pelo prefeito. Vale a pena lutar pela cultura”, concluiu ela.