Hora Certa
Ato Cívico marcou o aniversário de 36 anos de Sorriso
Fonte: ASSESSORIA
16 de Maio de 2022 as 13:51
Ato Cívico marcou o aniversário de 36 anos de Sorriso
ASSESSORIA

Agradecer mais. Em seu discurso durante o Ato Cívico promovido na manhã do dia 13 de maio, quando Sorriso celebrou seus 36 anos de emancipação político-administrativa, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, relembrou o difícil começo da cidade, marcado por muito, muito trabalho, perseverança e gratidão.

“Agradecemos muito a nossos pioneiros, que avançaram em uma região que só tinha mato e tentaram produzir grãos, primeiro o arroz e depois a soja”, contou o prefeito, acrescentando que o fracasso permeou este começo, pois só com tecnologia, com correção do solo, foi possível que o sucesso se fizesse presente nas safras da hoje Capital Nacional do Agronegócio.

O título, inclusive, veio por meio da lei 12.724, publicada no Diário Oficial da União no dia 17 de outubro de 2013, sancionada pela então presidenta da República, Dilma Roussef, e assinada pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento à época, Mendes Ribeiro Filho.

E foi justamente a gratidão que deu o tom do ato, realizado em frente à Prefeitura. A cerimônia contou com desfile dos alunos da Escola Militar Tiradentes Cabo Dilceu Amaral e também do projeto Luz do Amanhã, realizado por meio da parceria entre a Polícia Militar e a Secretaria de Assistência Social (Semas).

Além dos representantes do Executivo, do Legislativo e do Judiciário, o ato também contou com a participação da Polícia Militar (PM), Ciopaer, Corpo de Bombeiros Militar (BM) e da Marinha, por meio do efetivo da Agência Fluvial de Sinop. De acordo com dados da Coordenação de Proteção e Defesa Civil (Compdec), cerca de 700 pessoas participaram da cerimônia.

Na oportunidade, o protagonismo das mulheres pioneiras foi evidenciado com a entrega de flores à primeira-dama de Sorriso, Jucélia Ferro. Também secretária de Assistência Social, Jucélia recebeu a homenagem de uma servidora da Escola Militar.

A Miss Europe Continental 2022, a sorrisense Lisandra Alves Franciskievicz, também compareceu ao evento. Aos 19 anos, Lisandra representou o Brasil na competição realizada na Itália, no começo do mês. Recepcionista e estudante de Biomedicina, a Miss é filha de pequenos produtores do Assentamento Jonas Pinheiro.

“Se saímos de uma promessa, de um sonho na cabeça de alguns desbravadores que se aventuraram pelo Centro-Oeste ainda na década de 1970, e hoje somos uma cidade reconhecida pelo dinamismo de sua economia, é porque aprendemos com nossos pioneiros a importância de acreditar, persistir, cooperar e trabalhar”, pontuou o gestor.

Assim como os sonhos dos pioneiros e da jovem Lisandra foram moldados por muita dedicação para se tornarem realidade, o incentivo da empresa responsável pelo Loteamento Diamond Park às ações sociais do Município também vai garantir um fôlego a mais para muitas famílias.  Ao fim do evento, Sorriso recebeu, simbolicamente, a doação de 4 toneladas de alimentos não-perecíveis da empresa Parque Incorporadora, o que reforça a arrecadação de alimentos da Expo do Bem, visto que, nesta edição, a Exporriso foi com portões abertos e com a doação voluntária de alimentos ou material de limpeza.