Hora Certa
Sorriso: Damiani comemora conquista do Centro de Hemodiálise que será entregue nos próximos dias
Fonte: ASSESSORIA
20 de Setembro de 2022 as 19:21
Sorriso: Damiani comemora conquista do Centro de Hemodiálise que será entregue nos próximos dias
ASSESSORIA

Desde de 2017, que o candidato à deputado estadual, Leandro Damiani, trava uma luta para a construção de um Centro de Hemodiálise em Sorriso e daqui alguns dias este sonho se tornará realidade no município e ajudará os quase 40 pacientes que são levados à Sinop todos os dias, para realizar a filtragem do sangue.

“Em breve, eles e outros pacientes da região, terão a comodidade de realizar o tratamento aqui na cidade. Foram muitos anos de luta e cobrança que fizemos, para ver esse centro em funcionamento, nos próximos dias”, afirma Damiani.

O novo Centro de Hemodiálise é um dos pedidos que Damiani fez ao Poder Executivo e que foi atendido pelo prefeito, Ari Lafin. No local, já foram investidos em torno de R$ 1,5 milhões com recursos próprios da Prefeitura de Sorriso.

O próximo passo para estar em funcionamento, é a abertura de uma licitação, para a contratação de uma empresa que será responsável pelo funcionamento dos serviços de hemodiálise. Sorriso, será o 8º município do Mato Grosso a contar com este atendimento.

“O centro estará em funcionamento ainda neste ano e é com muita alegria que recebo essa notícia, pois cheguei acompanhar algumas dessas viagens e vi de perto a dificuldade das pessoas em se deslocar até  Sinop para este atendimento. Essa é mais uma conquista para Sorriso e que continuará contando com meu apoio,” frisou Damiani.

O candidato a uma das vagas na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, ainda lembrou que esses atendimentos de hemodiálise são de responsabilidade do Estado, porém com a união entre Prefeitura e Câmara Municipal, em breve, deve se tornar possível atender os pacientes em Sorriso.

“Com essa junção de esforços, teremos um espaço moderno e amplo construído com recursos próprios do município e que vai ajudar quem precisa da hemodiálise”, concluiu Damiani.