Hora Certa
Lucas do Rio Verde: Primeiro caso de raiva em morcego é confirmado pela vigilância sanitária
Fonte: G1MT
09 de Maio de 2022 as 20:40
Lucas do Rio Verde: Primeiro caso de raiva em morcego é confirmado pela vigilância sanitária
INTERNET

A Secretaria de Saúde confirmou o primeiro caso de um morcego que portava o vírus da raiva, no Bairro Pioneiro, em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. A Vigilância Sanitária emitiu alerta epidemiológico após a confirmação.

No município, não havia registros de raiva em morcego, tendo sido diagnosticado apenas um caso positivo de raiva em bovino no ano de 2019.

De acordo com a prefeitura, o morcego foi encontrado em uma residência no bairro. A análise do exame foi feita pelo Laboratório de Apoio à Saúde Animal, do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT).

A raiva é transmitida ao homem quando a saliva do animal infectado entra em contato com a pele lesionada ou mucosa, por meio de mordida, arranhão ou lambedura do animal.

Segundo a Vigilância Sanitária, caso haja possível exposição ao vírus ou contato com o animal, deve-se lavar imediatamente o local com água e sabão e procurar uma unidade de saúde para atendimento, se necessário, aplicação de vacina ou soro antirrábico.

Os morcegos são animais com hábitos noturnos. Entretanto, o que chamou a atenção da Secretaria é que o morcego foi encontrado durante o dia, tentando morder um animal doméstico.

Outro morcego encontrado morto foi enviado para análise no laboratório.

Com a confirmação do caso, a Secretaria alerta sobre os cuidados que precisam ser tomados:

  1. É importante que cães e gatos domiciliados estejam vacinados contra a raiva;
  2. Se encontrar um morcego, não toque no animal e nem deixe que outras pessoas ou animais se aproximem;
  3. Isole o morcego em um recipiente para evitar fugas e utilize baldes ou caixas;
  4. Após isso, é preciso entrar em contato com a Vigilância Sanitária.