Hora Certa
MT: Paciente com câncer que se casou com companheira em hospital morre
Fonte: G1MT
04 de Julho de 2022 as 12:35
MT: Paciente com câncer que se casou com companheira em hospital morre
REDE SOCIAL

A técnica em saúde Lidiane Gerlach, de 41 anos, que estava internada em tratamento paliativo contra um câncer, morreu neste fim de semana vítima da doença. Na última terça-feira (21) ela havia se casado no religioso com a estudante Adriene Duarte, de 31 anos, sua companheira há mais de 8 anos. A cerimônia foi realizada pela equipe de um hospital particular de Cuiabá para cumprir a lista de desejos da paciente.

Lidiane descobriu o câncer de colo do útero em fevereiro de 2021. Na época ela iniciou o tratamento contra o tumor e se curou porém, em dezembro de 2021, descobriu que a doença estava no intestino.

Já em março deste ano, a servidora da saúde recebeu o diagnóstico de metástase da doença. Com isso, as internações começaram a ser intensas.

Ela estava há cerca de 24 dias internada em tratamento paliativo contra o câncer mas não resistiu. Nas redes sociais a mãe dela, Luzia Delcaro Gerlach, lamentou a perda.

“Hoje meu coração sangra. Deus leva pra si uma das minhas joias preciosas. Lidiane, você foi uma filha perfeita” disse.

O casamento

 

Lidiane Gerlach estava com Adriene há quase uma década e pretendiam formalizar a união. Elas não faziam ideia da festa surpresa organizada pelo hospital.

As duas haviam formalizado o casamento civil no dia 20 de junho, mas não tinham preparado uma cerimônia religiosa.

Paciente com câncer se casa com companheira em festa surpresa — Foto: Thiago Andrade

Paciente com câncer se casa com companheira em festa surpresa — Foto: Thiago Andrade

A cerimônia contou com tudo, desde a decoração para o casamento, recitação de um acróstico elaborado para o casal, brinde das noivas, arremesso dos buquês e o beijo oficial. Tudo preparado pela equipe da unidade de saúde.

Adriene disse que a celebração do casamento era um sonho das duas, no entanto, vinha sendo adiado, até que elas decidiram formalizar a união.