DestaqueJustiçaPolícia

Sorriso: Vítimas de material de construção, que fechou “do nada”, querem saber onde estão os materiais e o dinheiro delas; “Minha esposa quer se matar”

O JKNOTICIAS se tornou um canal de desabafo das vítimas de um material de construção, que fechou há cerca de 20 dias, e as vítimas estão relatando um grande prejuízo após o fechamento da loja na Zona Leste.

𝐀𝐧𝐭𝐞𝐬 𝐝𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐫 𝐬𝐮𝐚 𝐎𝐏𝐈𝐍𝐈𝐀̃𝐎 𝐨𝐮 𝐂𝐑𝐈́𝐓𝐈𝐂𝐀, 𝐟𝐚𝐜̧𝐚 𝐬𝐞𝐮 𝐏𝐈𝐗, 𝐜𝐨𝐦 𝐨 𝐯𝐚𝐥𝐨𝐫 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐮𝐝𝐞𝐫, 𝐞 𝐚𝐩𝐨𝐢𝐞 𝐨 𝐉𝐊𝐍𝐎𝐓𝐈𝐂𝐈𝐀𝐒.𝐂𝐎𝐌 𝐚 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐢𝐧𝐮𝐚𝐫 𝐭𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐧𝐝𝐨 𝐢𝐧𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚𝐝𝐨. 𝐅𝐚𝐜̧𝐚 𝐮𝐦𝐚 𝐃𝐨𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐂𝐇𝐀𝐕𝐄 𝐏𝐈𝐗: 𝟐𝟖.𝟏𝟓𝟏.𝟐𝟗𝟕/𝟎𝟎𝟎𝟏-𝟎𝟓 𝐑𝐀𝐙𝐀̃𝐎 𝐒𝐎𝐂𝐈𝐀𝐋: 𝐌𝐈𝐃𝐀𝐒 𝐏𝐔𝐁𝐋𝐈𝐂𝐈𝐃𝐀𝐃𝐄 𝐄 𝐌𝐀𝐑𝐊𝐄𝐓𝐈𝐍𝐆

As vítimas além dos relatos, que muitas vezes são de pensamentos “suicidas”, pois muitos investiram o dinheiro “da vida” para poder comprar o material de construção para realizarem o sonho da construção casa própria, outras tantas pessoas mandaram mensagens, até com comprovantes, relatando que também tiveram prejuízos e que iriam fazer boletim de ocorrência e até mesmo entrar na justiça para tentarem recuperar o dinheiro “investido”.

Muitas vítimas que já procuraram a delegacia, entraram em contato com o JKNOTICIAS para saberem onde foram parar os materiais de construção que tinham no local, que “anoiteceram e não amanheceram” e onde está o dinheiro deles, pois pelo que estão vendo, vão ficar sem o material e também sem o dinheiro e possivelmente sem saber o que fazer, pois se entrarem na justiça, pode demorar muito tempo e pode nem “ver” metade do dinheiro que investiram.

O que fizeram comigo foi uma covardia, deixei lá o meu dinheiro e da minha esposa, que estavam lutando há mais de 10 anos para construirmos nossa casa, juntamos R$ 110 mil e compramos de material porque tinha um preço mais em conta e agora estavam sem chão, sem saber o que fazer e minha esposa está com uma depressão depois que leu sua matéria e foi lá na loja e viu que não tinha mais nada, lá era cheio de coisa e não tem mais nada. Minha esposa fica falando que vai se matar porque sabe que a gente vai demorar muito tempo para juntar o dinheiro de novo ou então nem junta mais“, desabado uma das vítimas.

A gente não conseguiu contato com ninguém que a gente fechou as compras, não conseguimos falar com os donos e os vendedores dizem que não tem culpa que também não receberam o acerto, a gente não sabe o que fazer, a justiça e a polícia tem que entrar no caso, muita gente caiu no golpe deles, eu perdi só R$ 7,500, mas era o dinheiro de fazer uma reforma no quarto de minha filha”, disse mais uma das vítimas.

Segundo os clientes, eles foram pegos de surpresa com o fechamento da loja e que não foram informados o porquê do fechamento já que muitos pagaram adiantado pelos materiais que não foram entregues e pelo jeito não vão ser. Um dos clientes disse que deu uma caminhonete em troca de materiais de construção que seriam pegos aos poucos, conforme a obra fosse “andando”.

Outras pessoas, que estão com casas em construção foram pegas de surpresa quando foram nesta semana, o material de construção e encontraram o local fechado.

JK deve que mais alguém está te procurando para falar do prejuízo de 3.180 em material que eles não entregaram pra nós e a gente já tinha pago. Nós foi na defensoria ficou pra gente volta só em janeiro e muito tempo. Eles até falou que não tinha necessidade de fazer boletim, mas por não der retorno nas ligações e nem nas msg eu vou fazer hj”, disse uma das vítimas.

JK não sei o que fazer cara, passei um carro para eles em troca de material e agora estou com a obra parada e sem dinheiro de giro, e ninguém fala nada pra gente”, disse mais sum cliente.

Um outro empreiteiro disse que “deu” uma Dodge Ram para que fosse pego a valor em material de construção e que agora ele está preocupado porque não sabe o que fazer para terminar a obra, já que a Dodge Ram já foi passada para o nome do novo dono.

Um outro empresário da cidade disse que pretendia acabar de construir as kitnets e que “perdeu” mais de R$ 60 mil reais em materiais.

A gente comprava lá porque era barato e a gente só quer o material para trabalhar, agora deixei lá mais de 50 mil empenhados e quando li sua matéria fui pá ver e tava fechado, liguei para um dos donos, mas não me atendeu, eu quero meu dinheiro ou o material, como vou terminar meus serviços?”

Um ex-funcionário relatou a situação após pessoas comentarem que os funcionário sabiam o que estava acontecendo.

Oi JK publicação da materiais de construção que fechou! Gostaria de deixar aqui um comentário! Eu trabalhei na Sorriso e tem muitas pessoas que falam que nós vendedores que trabalhava lá sabia de tudo e alguns até joga a culpa em nós, mais não é bem assim, do mesmo jeito que eles estão prejudicado nos funcionários estamos também, pois isso chegou de surpresa pra todos! Inclusive nos que éramos funcionários, por exemplo eu não recebi 1 real, minhas contas estão todas atrasado, e ainda por cima temos que ouvir cliente falar que fazíamos parte dessa bagunça. Nós estávamos ali como qualquer outro funcionário de qualquer outra empresa, trabalhando e dando duro pra conseguir o salário. Peço a você se puder fazer uma publicação falando que não só eles estão prejudicando, nós todos estamos sofrendo com isso, nos vendedores mais ainda pois nós éramos a cara da loja né,” disse um ex- funcionário.

O JKNOTICIAS desde da primeira publicação do fechamento da loja, tenta falar com algum representante da Sorriso materiais de construção, mas até o momento não houve reposta. Também pedimos para pessoas próximas mandarem mensagem para os responsáveis para que os mesmos se manifestassem sobre o caso, mas também não houve resposta.

O JKNOTICIAS está aberto para que os representantes da Sorriso material de construção emitam seu direito de resposta sobre o caso.

Faça sua denúncia, envie através de nosso WhatsApp, Fotos, Vídeos. Seus dados pessoais estarão protegidos, nos termos da Lei 13.460/2017. +55 66 99982-8122.

Postagens Relacionadas