DestaquePolícia

MT: Investigador da PC e empresário morrem em grave acidente entre motos na MT-020

A Polícia Civil de Mato Grosso confirmou a morte do investigador Juann Paulo Queiroz de Melo, 43 anos, vítima de um acidente ocorrido na manhã deste domingo (09.06), na zona rural de Chapada dos Guimarães. Ele pilotava uma motocicleta esportiva em alta velocidade quando atingiu uma picape Fiat Toro de cor branca e morreu no local, na rodovia estadual MT-020, que dá acesso à Comunidade de Água Fria e ao Lago de Manso, em Chapada.

𝐀𝐧𝐭𝐞𝐬 𝐝𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐫 𝐬𝐮𝐚 𝐎𝐏𝐈𝐍𝐈𝐀̃𝐎 𝐨𝐮 𝐂𝐑𝐈́𝐓𝐈𝐂𝐀, 𝐟𝐚𝐜̧𝐚 𝐬𝐞𝐮 𝐏𝐈𝐗, 𝐜𝐨𝐦 𝐨 𝐯𝐚𝐥𝐨𝐫 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐮𝐝𝐞𝐫, 𝐞 𝐚𝐩𝐨𝐢𝐞 𝐨 𝐉𝐊𝐍𝐎𝐓𝐈𝐂𝐈𝐀𝐒.𝐂𝐎𝐌 𝐚 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐢𝐧𝐮𝐚𝐫 𝐭𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐧𝐝𝐨 𝐢𝐧𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚𝐝𝐨. 𝐅𝐚𝐜̧𝐚 𝐮𝐦𝐚 𝐃𝐨𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐂𝐇𝐀𝐕𝐄 𝐏𝐈𝐗: 𝟐𝟖.𝟏𝟓𝟏.𝟐𝟗𝟕/𝟎𝟎𝟎𝟏-𝟎𝟓 𝐑𝐀𝐙𝐀̃𝐎 𝐒𝐎𝐂𝐈𝐀𝐋: 𝐌𝐈𝐃𝐀𝐒 𝐏𝐔𝐁𝐋𝐈𝐂𝐈𝐃𝐀𝐃𝐄 𝐄 𝐌𝐀𝐑𝐊𝐄𝐓𝐈𝐍𝐆

No acidente também morreu um empresário que ainda não foi identificado enquanto o motorista da picape, um idoso de 68 anos, sofreu ferimentos e foi socorrido para um hospital da região. Ambas as motocicletas eram esportivas de altas cilindradas e ficaram destruídas, bem como a picape que teve a tampa traseira “rasgada” ao ser atingida por uma das motos.

Em nota, além de lamentar a morte do investigador, a Polícia Civil explica que ele retornava de um passeio motociclístico com um grupo de amigos, quando a moto que ele pilotava se chocou com a picape nas proximidades do assentamento Novo Mundo, no Distrito de Água Fria.

Juann Paulo estava lotado atualmente na Delegacia Especializada de Meio Ambiente, onde exercia a função de chefe de operações. Durante sua carreira policial, iniciada na instituição em abril de 2007, o investigador passou por diversas delegacias, entre elas a DHPP e DERF de Várzea Grande.

“Colegas de trabalho afirmam que a Polícia Civil era a paixão e vocação de Juann Paulo. Aos familiares, colegas e amigos do investigador, a Polícia Civil e todo seu corpo diretivo estende condolências por esse momento doloroso”, diz trecho do comunicado.

Segundo a PJC, informações sobre o velório e sepultamento serão divulgadas posteriormente.

Folha Max

Faça sua denúncia, envie através de nosso WhatsApp, Fotos, Vídeos. Seus dados pessoais estarão protegidos, nos termos da Lei 13.460/2017. +55 66 99982-8122.

Postagens Relacionadas