Polícia

Sorriso: Executivo, PM e GCM discutem medidas para evitar acidentes com ciclomotores

Os ciclomotores são uma ótima opção para quem busca um veículo pequeno, de fácil dirigibilidade e potente. Mas, também oferecem riscos quando passam a disputar espaço no trânsito com automóveis e motocicletas.

𝐀𝐧𝐭𝐞𝐬 𝐝𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐫 𝐬𝐮𝐚 𝐎𝐏𝐈𝐍𝐈𝐀̃𝐎 𝐨𝐮 𝐂𝐑𝐈́𝐓𝐈𝐂𝐀, 𝐟𝐚𝐜̧𝐚 𝐬𝐞𝐮 𝐏𝐈𝐗, 𝐜𝐨𝐦 𝐨 𝐯𝐚𝐥𝐨𝐫 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐮𝐝𝐞𝐫, 𝐞 𝐚𝐩𝐨𝐢𝐞 𝐨 𝐉𝐊𝐍𝐎𝐓𝐈𝐂𝐈𝐀𝐒.𝐂𝐎𝐌 𝐚 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐢𝐧𝐮𝐚𝐫 𝐭𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐧𝐝𝐨 𝐢𝐧𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚𝐝𝐨. 𝐅𝐚𝐜̧𝐚 𝐮𝐦𝐚 𝐃𝐨𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐂𝐇𝐀𝐕𝐄 𝐏𝐈𝐗: 𝟐𝟖.𝟏𝟓𝟏.𝟐𝟗𝟕/𝟎𝟎𝟎𝟏-𝟎𝟓 𝐑𝐀𝐙𝐀̃𝐎 𝐒𝐎𝐂𝐈𝐀𝐋: 𝐌𝐈𝐃𝐀𝐒 𝐏𝐔𝐁𝐋𝐈𝐂𝐈𝐃𝐀𝐃𝐄 𝐄 𝐌𝐀𝐑𝐊𝐄𝐓𝐈𝐍𝐆

Os riscos são maiores quando quem está na direção é uma pessoa não habilitada ou, pior ainda, quando se trata de uma criança e/ou um adolescente.

E foi para levantar os dados locais e traçar estratégias a fim de evitar acidentes com esse tipo de veículo que o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, e o secretário de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil (Semsep), José Carlos Moura, se reuniram na sexta-feira (07.06) com representantes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar.

Coordenador da GCM, Márcio Pires, esclarece que os interessados em conduzir um ciclomotor precisam ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de categoria A, ou permissão específica para esse tipo de veículo (ACC). Já condutores de bicicletas normais e elétricas, skates e patinetes não necessitam de qualquer tipo de documentação, conforme a Resolução 966/2023 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

“Assim que identificou o aumento de circulação desse tipo de veículo, a GCM iniciou uma série de ações que englobam a orientação, conscientização e a fiscalização, cujo foco são os pais e responsáveis pelos condutores abordados. Nossa meta a partir de agora é intensificar ainda mais esse trabalho e, com isso, garantir a segurança dos próprios condutores e dos demais usuários das vias públicas”, assinala Pires ao reforçar a necessidade de registro de veículos ciclomotores.

“Para estar regularizado, o proprietário precisa fazer o registro e licenciamento do veículo ciclomotor junto ao órgão de trânsito, além de impedir que menores de idade e pessoas não habilitadas tenham acesso ao veículo”, observa.

“Esse é um debate que envolve toda a sociedade. Cada um fazendo sua parte, respeitando a legislação vigente e assumindo sua responsabilidade. Agindo dessa forma, estaremos evitando eventuais tragédias e salvando vidas”, disse Ari Lafin ao rebater o argumento de que o trânsito do Município é violento.

“Modéstia parte, não conheço outra cidade que se investe em trânsito como em Sorriso. Criamos uma secretaria específica responsável pelas ações de educação de crianças e adolescentes, orientação, prevenção e fiscalização. Também investimos pesado na questão da reengenharia com sinalização, implantação de dispositivos eletrônicos entre outros projetos igualmente importantes para dar maior fluidez no trânsito. Temos a terceira maior frota do estado com mais de 91 mil veículos registrados, ou seja, temos sim um trânsito intenso e não violento”, complementa o gestor.

Confira quais são as exigências trazidas pela Resolução 966/2023 para regulamentar o uso de veículos ciclomotores:

  • Habilitação categoria A ou ACC
  • Espelhos retrovisores de ambos os lados;
  • Farol dianteiro e cor branca ou amarela;
  • Lanterna de cor vermelha na parte traseira;
  • Velocímetro;
  • Buzina;
  • Pneus em condições de segurança;
  • Dispositivo destinado ao controle de ruído do motor;
  • Uso de capacete de segurança e vestuário de proteção

Assessoria

Faça sua denúncia, envie através de nosso WhatsApp, Fotos, Vídeos. Seus dados pessoais estarão protegidos, nos termos da Lei 13.460/2017. +55 66 99982-8122.

Postagens Relacionadas