• RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • DestaquePolícia

    Secretário de Segurança Pública discorda de lista que coloca Sorriso entre as cidades mais violentas

    O secretário de Segurança Pública do Estado (Sesp), coronel César Augusto Roveri, refutou os dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2023, que mostram a cidade de Sorriso como a sexta mais violenta do Brasil. Fala ocorreu na segunda-feira (27), minutos após chacina de 4 mulheres na cidade. Mãe e 3 filhas foram mortas ainda no sábado, mas os corpos só localizados dois dias depois.

    𝐀𝐧𝐭𝐞𝐬 𝐝𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐫 𝐬𝐮𝐚 𝐎𝐏𝐈𝐍𝐈𝐀̃𝐎 𝐨𝐮 𝐂𝐑𝐈́𝐓𝐈𝐂𝐀, 𝐟𝐚𝐜̧𝐚 𝐬𝐞𝐮 𝐏𝐈𝐗, 𝐜𝐨𝐦 𝐨 𝐯𝐚𝐥𝐨𝐫 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐮𝐝𝐞𝐫, 𝐞 𝐚𝐩𝐨𝐢𝐞 𝐨 𝐉𝐊𝐍𝐎𝐓𝐈𝐂𝐈𝐀𝐒.𝐂𝐎𝐌 𝐚 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐢𝐧𝐮𝐚𝐫 𝐭𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐧𝐝𝐨 𝐢𝐧𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚𝐝𝐨. 𝐅𝐚𝐜̧𝐚 𝐮𝐦𝐚 𝐃𝐨𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐂𝐇𝐀𝐕𝐄 𝐏𝐈𝐗: 𝟐𝟖.𝟏𝟓𝟏.𝟐𝟗𝟕/𝟎𝟎𝟎𝟏-𝟎𝟓 𝐑𝐀𝐙𝐀̃𝐎 𝐒𝐎𝐂𝐈𝐀𝐋: 𝐌𝐈𝐃𝐀𝐒 𝐏𝐔𝐁𝐋𝐈𝐂𝐈𝐃𝐀𝐃𝐄 𝐄 𝐌𝐀𝐑𝐊𝐄𝐓𝐈𝐍𝐆

    Segundo o secretário, os dados estão desatualizados e não devem ser levados em consideração. Ele admitiu curva ascendente nos números de crimes até abril deste ano, porém, começou cair após operações integradas das polícias. 

    “Na verdade, Sorriso ocupava [ranking de mais violenta]. Essa colocação que Sorriso está em 6º lugar são dados de 2022. Então, temos que estabelecer a verdade dos fatos. Sorriso, hoje, tem 16% menos furtos, 50% menos roubos em relação ao ano passado e latrocínio também caiu na casa quase dos 50%. Teve uma curva ascendente até março a abril e essa curva começou a cair acentuadamente, mediante operações integradas, as operações da Polícia Civil, no trabalho ostensivo e no trabalho investigativo”, contestou.

    De acordo com os dados do anuário, a taxa de mortes violentas intencionais em 2022, no município, foi de 70,5. A categoria de “mortes violentas intencionais” corresponde a soma das vítimas de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais em serviço e fora.

    No ranking, Sorriso ficou atrás apenas das cidades de Cabo de Santo Agostinho (PE), Camaçari (BA), Simões Filho (BA), Santo Antônio de Jesus (BA) e Jequié (BA). Sorriso foi a única cidade mato-grossense a aparecer na lista das mais violentas.

    Números de mortes com violência têm aumentado cada vez mais em Sorriso. Na segunda-feira, a população sorrisense amanheceu com a notícia de um crime bárbaro na cidade. Um pedreiro foi preso por matar a mãe e 3 filhas no sábado (25). Suspeito relatou detalhes do crime à polícia, informando que esfaqueou Cleci Calvi Cardoso, 46, Miliane Calvi Cardoso, 19, e Manuela Calvi Cardoso, 13, e, enquanto elas ainda agonizavam, as estuprou. A filha caçula, Melissa Calvi Cardoso, 10, foi morta asfixiada.

    “Segurança pública tem feito sua parte, tem empenhado esforços. Em relação a homicídios, nós estamos compilando esses dados, mas queremos terminar esse ano com bons índices. (…) Estamos trabalhando para que caía mais ainda essa curva”, comentou.

    Gazeta Digital

    Faça sua denúncia, envie através de nosso WhatsApp, Fotos, Vídeos. Seus dados pessoais estarão protegidos, nos termos da Lei 13.460/2017. +55 66 99982-8122.

    Postagens Relacionadas

  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO