• RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • RAMALANTOTO
  • DestaquePolícia

    Sorriso: Bandidos sequestram suposto ladrão, no Jd. Primavera, e “vítima” consegue fugir antes de morrer; foi torturado com cabo de vassoura

    Um homem, de 23 anos, acabou escapando da morte na última segunda-feira, após bandidos se descuidarem e ele conseguir fugir de tortura. Um menor, de 17 anos e um maior, de 37 anos foram presos pelo crime.

    𝐀𝐧𝐭𝐞𝐬 𝐝𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐫 𝐬𝐮𝐚 𝐎𝐏𝐈𝐍𝐈𝐀̃𝐎 𝐨𝐮 𝐂𝐑𝐈́𝐓𝐈𝐂𝐀, 𝐟𝐚𝐜̧𝐚 𝐬𝐞𝐮 𝐏𝐈𝐗, 𝐜𝐨𝐦 𝐨 𝐯𝐚𝐥𝐨𝐫 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐮𝐝𝐞𝐫, 𝐞 𝐚𝐩𝐨𝐢𝐞 𝐨 𝐉𝐊𝐍𝐎𝐓𝐈𝐂𝐈𝐀𝐒.𝐂𝐎𝐌 𝐚 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐢𝐧𝐮𝐚𝐫 𝐭𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐧𝐝𝐨 𝐢𝐧𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚𝐝𝐨. 𝐅𝐚𝐜̧𝐚 𝐮𝐦𝐚 𝐃𝐨𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐂𝐇𝐀𝐕𝐄 𝐏𝐈𝐗: 𝟐𝟖.𝟏𝟓𝟏.𝟐𝟗𝟕/𝟎𝟎𝟎𝟏-𝟎𝟓 𝐑𝐀𝐙𝐀̃𝐎 𝐒𝐎𝐂𝐈𝐀𝐋: 𝐌𝐈𝐃𝐀𝐒 𝐏𝐔𝐁𝐋𝐈𝐂𝐈𝐃𝐀𝐃𝐄 𝐄 𝐌𝐀𝐑𝐊𝐄𝐓𝐈𝐍𝐆

    Na última segunda-feira (05.02) em continuidade a Operação Vitae X, a guarnição da Polícia Militar durante rondas pelo bairro Jardim Primavera, foi acionada por um homem que estava com os pés descalços, e ofegante. O mesmo relatou que havia sido sequestrado e torturado.

    Durante conversa, a vítima relatou que estava andando pela Av. Tancredo Neves quando foi abordado por um homem, que o levou a força até a residência onde ele foi torturado. A vítima contou ainda que apanhou de cabo de vassoura, e que o sequestrador fez uma chamada de vídeo com outras pessoas da facção, onde foi informado que aquela era a punição pela vítima estar praticando furtos pelo Jardim Primavera.

    A vítima relatou ainda, que enquanto estavam em chamada com a facção o dono da residência chegou ao local e ajudou na tortura, e nas ameaças de morte. Em um momento de distração dos criminosos, a vítima conseguiu fugir pulando o muro, e ficou vagando pelas ruas tentando se esconder.

    Preocupado a vítima pediu para que a guarnição fosse até sua casa, pois tinha medo que os criminosos fossem atrás de sua família. Atendendo ao pedido os militares se deslocaram até a residência da vítima, onde sua esposa contou que dois homens haviam ido até a casa procurando pelo seu marido. Ainda segundo a mulher, um dos homens possuía uma arma na cintura, e afirmou para ela que seu marido morreria.

    Enquanto a guarnição colhia o depoimento da esposa da vítima, foi possível ver os bandidos passando de bicicleta pela rua São Lucas, em direção a Avenida Tancredo Neves. Durante acompanhamento, a guarnição conseguiu deter apenas um dos suspeitos, que estava na garupa da bicicleta, o outro bandido fugiu tomando rumo ignorado.

    Em conversa com o suspeito preso, ele relatou que estava com o outro criminoso pois havia sido chamado para dar um corretivo da vítima, e contou que possivelmente iria matar o homem. A esposa da vítima reconheceu o bandido como a pessoa que havia ido a sua casa.

    Após, vítima e suspeitos foram levados até a casa que serviu de cativeiro para o sequestro e tortura, momento em que o criminoso tentou se justificar, dizendo que ficou sabendo que a vítima havia furtado objetos da casa do vizinho de seu comparsa que é o “disciplina” do bairro.

    Na casa foi encontrado o celular da vítima que havia sido “confiscado” no momento do sequestro, e no quintal foi identificado o cabo de vassoura usado na tortura.

    Faça sua denúncia, envie através de nosso WhatsApp, Fotos, Vídeos. Seus dados pessoais estarão protegidos, nos termos da Lei 13.460/2017. +55 66 99982-8122.

    Postagens Relacionadas

  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO
  • PADANGTOTO