DestaquePolícia

MT: Facção cria prêmio para “incentivar” melhores vendedores de drogas

De “tabela de preços” a “campanha de incentivo” à venda de entorpecentes, mediante sorteio de prêmios aos faccionados. Essas são algumas das regras do Comando Vermelho (CV) para dominar o mercado do tráfico na região oeste de Mato Grosso.

𝐀𝐧𝐭𝐞𝐬 𝐝𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐫 𝐬𝐮𝐚 𝐎𝐏𝐈𝐍𝐈𝐀̃𝐎 𝐨𝐮 𝐂𝐑𝐈́𝐓𝐈𝐂𝐀, 𝐟𝐚𝐜̧𝐚 𝐬𝐞𝐮 𝐏𝐈𝐗, 𝐜𝐨𝐦 𝐨 𝐯𝐚𝐥𝐨𝐫 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐮𝐝𝐞𝐫, 𝐞 𝐚𝐩𝐨𝐢𝐞 𝐨 𝐉𝐊𝐍𝐎𝐓𝐈𝐂𝐈𝐀𝐒.𝐂𝐎𝐌 𝐚 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐢𝐧𝐮𝐚𝐫 𝐭𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐧𝐝𝐨 𝐢𝐧𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚𝐝𝐨. 𝐅𝐚𝐜̧𝐚 𝐮𝐦𝐚 𝐃𝐨𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐂𝐇𝐀𝐕𝐄 𝐏𝐈𝐗: 𝟐𝟖.𝟏𝟓𝟏.𝟐𝟗𝟕/𝟎𝟎𝟎𝟏-𝟎𝟓 𝐑𝐀𝐙𝐀̃𝐎 𝐒𝐎𝐂𝐈𝐀𝐋: 𝐌𝐈𝐃𝐀𝐒 𝐏𝐔𝐁𝐋𝐈𝐂𝐈𝐃𝐀𝐃𝐄 𝐄 𝐌𝐀𝐑𝐊𝐄𝐓𝐈𝐍𝐆

Numa região onde há disputa territorial com o Primeiro Comando da Capital (PCC), a maior facção do Estado estipula regras, cujo descumprimento pode resultar até em “salves”. Para os que se destacarem na venda dos entorpecentes nas cidades de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km ao oeste) e Pontes e Lacerda (448 km ao oeste), as premiações incluem 1kg de maconha para o primeiro lugar, R$ 500 no Pix para o segundo lugar e no terceiro lugar o vendedor ganha 3 meses de “camisa paga”, que é a mensalidade que o faccionado precisa pagar.

As informações fazem parte de um relatório encaminhado no dia 24 de abril, pela 4ª Vara Criminal de Cáceres (225 km ao oeste) ao Poder Judiciário de Mato Grosso. Segundo o relatório, as informações foram extraídas de aparelhos de celulares apreendidos de líderes de facção. Em uma das mensagens, o Comando Vermelho traz uma tabela para os “lojistas” – donos de bocas de fumo – cumprirem.

O “Braw” e “Braw chipado” se referem à maconha prensada, respectivamente em porção e fracionada em trouxinhas; cujo valor é de R$ 6 por grama. Na conversa, o grupo usa o termo“emoji de símbolo branco e raio”, que se refere à cocaína em pó (cristal), fracionada em papelotes; que custa R$ 80 a grama. O “emoji de queijo” se refere à pasta base de cocaína, também chamada de “óleo”, fracionada em trouxinhas; com valor de R$ 50/grama. A “Buxa” é a maconha não prensada, feita com flores e folhas, de melhor qualidade, fracionada em trouxinhas custando R$ 15/grama.

“Presta atenção para que venha distribuir sua mercadoria conforme a tabela. Pois se o mesmo for pego com mercadoria fora da medida imposta na tabela, o mesmo terá sua lojinha fechada por tempo indeterminado, podendo mesmo tomar um salve (…) Algum irmão ou companheiro passar por cima da voz, será cobrado à altura”, destaca trecho de conversa.

Outra mensagem refere-se a campanha de incentivo à venda dos entorpecentes. “Vinhemos (sic) comunicar os irmãos que após uma troca de ideia chegamos ao ponto de vista que vamos fazer um sorteio pra irmãos que são dedicados com seus compromissos com a organização. Que dá atenção e sempre tá fazendo vistoria na quebrada cumprindo salve. Os demais que vende braw que vende acima de dois quilos entrará no sorteio (sic)”, informa trecho da conversa.

Gazeta Digital

Faça sua denúncia, envie através de nosso WhatsApp, Fotos, Vídeos. Seus dados pessoais estarão protegidos, nos termos da Lei 13.460/2017. +55 66 99982-8122.

Postagens Relacionadas