DestaqueEducaçãoJustiça

Sorriso: Secretária de educação e Juiz se unem para criar estratégias e ações para proteger o ambiente escolar

Objetivo de criar estratégias e ações para proteger o ambiente escolar e cuidar das crianças.

𝐀𝐧𝐭𝐞𝐬 𝐝𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐫 𝐬𝐮𝐚 𝐎𝐏𝐈𝐍𝐈𝐀̃𝐎 𝐨𝐮 𝐂𝐑𝐈́𝐓𝐈𝐂𝐀, 𝐟𝐚𝐜̧𝐚 𝐬𝐞𝐮 𝐏𝐈𝐗, 𝐜𝐨𝐦 𝐨 𝐯𝐚𝐥𝐨𝐫 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐮𝐝𝐞𝐫, 𝐞 𝐚𝐩𝐨𝐢𝐞 𝐨 𝐉𝐊𝐍𝐎𝐓𝐈𝐂𝐈𝐀𝐒.𝐂𝐎𝐌 𝐚 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐢𝐧𝐮𝐚𝐫 𝐭𝐞 𝐝𝐞𝐢𝐱𝐚𝐧𝐝𝐨 𝐢𝐧𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚𝐝𝐨. 𝐅𝐚𝐜̧𝐚 𝐮𝐦𝐚 𝐃𝐨𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐂𝐇𝐀𝐕𝐄 𝐏𝐈𝐗: 𝟐𝟖.𝟏𝟓𝟏.𝟐𝟗𝟕/𝟎𝟎𝟎𝟏-𝟎𝟓 𝐑𝐀𝐙𝐀̃𝐎 𝐒𝐎𝐂𝐈𝐀𝐋: 𝐌𝐈𝐃𝐀𝐒 𝐏𝐔𝐁𝐋𝐈𝐂𝐈𝐃𝐀𝐃𝐄 𝐄 𝐌𝐀𝐑𝐊𝐄𝐓𝐈𝐍𝐆

A secretária de Educação, Lúcia Drechsler, reuniu-se nesta quarta-feira (12), com o juiz de Direito, Anderson Candiotto, coordenador da Rede Unificada de Proteção à Mulher, Idoso, Criança e Adolescente, para tratar de assuntos pertinentes à referida Rede.

A reunião teve como objetivo criar estratégias e ações para proteger o ambiente escolar e cuidar do bem mais precioso: “Nossas Crianças”. Na oportunidade, Lúcia Drechsler falou sobre a Associação de Mães, criada na última semana, e enfatizou a importância dessa iniciativa. Juntamente com o magistrado, convidou representantes da associação para uma importante reunião.

Por se tratar de assuntos pertinentes à Rede de Proteção, a reunião, que já tem data marcada para a próxima semana, visa sanar dúvidas e demandas levantadas. “Queremos ouvir as sugestões das mães”, complementa Lúcia.

A secretária, reforça que, além da Semed, todas as unidades escolares estão orientadas a denunciar qualquer situação que coloque alunos e/ou profissionais em risco, ou constrangimento. Ela enalteceu o trabalho da Rede Unificada de Proteção de Sorriso, ressaltando sua fundamental importância para o Município.

O juiz Anderson Candiotto enfatizou na reunião a importância da efetiva participação popular nas discussões voltadas à constante evolução dos serviços públicos essenciais, renovando o compromisso da Rede Unificada de Proteção de atuar coletiva e proativamente na defesa dos direitos das crianças, adolescentes, mulheres e idosos. Ele reconheceu a extrema valia da participação da Associação de Mães na reunião que será realizada nos próximos dias. “Certamente, a Associação de Mães tem muito a contribuir com a evolução dos serviços e protocolos já desenvolvidos no Município, assim o fazendo pela causa certa e com a articulação correta, tendo na Rede Unificada o melhor e mais adequado terreno sadio para tal atuação da associação, quer seja, livre de politizações, promovendo análise e deliberação técnica institucionalizada da demanda social, através dos órgãos públicos e entidades sociais que desde 2017 atuam conjunta e coordenadamente”, disse o magistrado.

O ambiente escolar desempenha um papel fundamental no processo de aprendizado. Além do espaço físico, é necessário garantir os direitos de aprendizagem dos alunos. Diante disso, a Semed tem disponibilizado equipamentos de segurança e tecnologias, programas socioemocionais e educacionais que visam ao ensino de qualidade.

Criada no Município em 2017,  a Rede Unificada de Proteção vem se fortalecendo a cada ano. Ao todo, são mais de 40 entidades envolvidas no projeto que visa garantir os direitos da Mulher, do Idoso, da Criança e do Adolescente.

Faça sua denúncia, envie através de nosso WhatsApp, Fotos, Vídeos. Seus dados pessoais estarão protegidos, nos termos da Lei 13.460/2017. +55 66 99982-8122.

Postagens Relacionadas